As instituições encontram-se geralmente a pensar em maneiras de servir as suas necessidades, facilitando mais e mais até se tornar acessível a qualquer indivíduo. Foi durante este processo que pensou no crédito por telefone.

Tal como acontece com os restantes créditos, requerer um crédito por telefone é agora possível, excluindo aquela necessidade de ter de se deslocar aos balcões de atendimento, aguardar eternamente na fila, e finalmente receber várias informações acerca das compras que melhor servem as nossas necessidades de qualidade e preço.

O que deve saber sobre o crédito por telefone

O crédito por telefone permite muito mais rapidez, confidencialidade, e ausência de burocracias excessivas, vantagens essas cada vez mais valorizadas pelos clientes.

Apenas com um telefonema, pode receber tudo o que pretende; os responsáveis irão enviar todas as informações pedidas através de email. O serviço coloca à disposição dos consumidores a comparação das várias ofertas do mercado do crédito pessoal, assim como a escolha da opção que melhor preenche os seus requisitos.

Entre as pioneiras em crédito por telefone destacam-se a Cofidis, Cetelem, Unibanco, Flexibom, Oney, Barclays, ou Credibom. Qualquer umas delas dispõe de uma infraestrutura de call-center capaz de assegurar, por esse meio, a concessão de um crédito rápido. Tem acesso a um simulador de crédito pessoal com toda a informação necessária, não só para poder saber quanto terá que pagar e durante quanto tempo, bem como para poder comparar as várias ofertas.

Contudo, tem claramente as suas desvantagens. As taxas de juros são bastante elevadas, o que é normal em serviços mais avançados, e poderão desanimá-lo e fazer com que deixe de usar o serviço.

Outra grande desvantagem é o facto de não poder pedir empréstimos de valores muito altos; até serão consideravelmente baixos.

Após pedir o crédito, seja razoável e não se perca em dívidas. Obtenha dinheiro dentro de certos limites ou as entidades irão cair-lhe em cima.

Resta-lhe apenas decidir o que é melhor para si, apesar dos contras massivos que poderão atacar-lhe brutalmente a carteira.